Catarina

De todas as suas coisas favoritas, de longe, a lua era a melhor. Catarina não cansava de observa-la. Já passou noites deitada na sacada olhando ela dançar pelo céu. E mesmo na lua nova, sabia que era só uma forma de renascimento e assim, levava a vida. Acredita nas fases e sabe que faz parte de algo transitório. Não tem medo da instabilidade. É aquele jeito vai e vem. Um dia ta cheia outro minguante. E permanece bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s