meia noite e nove

Eu escrevo hoje
por que no meu peito
carrego um grito
que me deixa lento

eu sinto um peso
um murro de dentro pra fora
eu não sei explicar
mas queria me deixar ir embora

a lagrimas aqui
e eu não sei fugir
eu queria alguem pra escutar
sem me diminuir

o que eu sinto não é suficiente
sempre tem uma dor mais atraente

hoje eu to cansada de ser assim
hoje eu to me sentindo no fim
hoje eu to sozinha em mim

não queria sentir tudo
ao mesmo tempo gritando
é paz que eu anseio
mas só trago desespero

eu não faço por que quero
só quero ver tudo bem
sem ser tão ninguem

eu juro que eu tento arduamente
eu tento e tento e tento mais
mas no final nunca sou capaz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s