não me olha

eu sou o desprezo
eu sou a repetição
eu sou o que fica
eu sou o que se isola
eu sou o que se mata
eu sou o que chora
eu sou o que grita
eu sou o vazio
eu sou a tempestade
eu sou o que vê
eu sou o que não sente
eu sou a frieza
eu sou lixo
e a gente não se merece
eu sou nada
eu sou as vozes
eu sou o que não para
eu sou o que quer dormir
eu sou o que vivi aqui
eu sou o que quer fugir
eu sinto as batidas chegarem
e não sei correr
eu sou o que fala demais
eu sou o que quer se aparecer
eu sou o clichê
eu sou o que tenta atrair
eu sou o despercebido
eu sou o que não te deixa seguir
eu sou inutil
eu sou egoista
eu sou consumista
eu sou hipocrita
eu sou sozinho
eu sou o momento parado
eu sou burro
e não sei como viver

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s